CUIDADOS NA HORA DE DESCARTAR O VIDRO QUEBRADO

Quando descartado sem os cuidados necessários, vidros quebrados, lâminas afiadas ou até mesmo lâmpadas quebradas apresentando perigo se estão misturados ao lixo comum sem qualquer tipo de proteção.

Acontece que os chamados materiais perfurocortantes são considerados a maior causa de acidente entre os coletores de lixo por isso precisou mudar essa realidade e isso só depende de nós, com pequenas medidas e muito mais simples do que parece.

Metais cortantes e vidros, ou até materiais pontiagudos devem ser enrolados em camadas grossas de jornais ou até mesmo colocados em caixas de papelão ao serem colocados para que o caminhão de lixo os recolha.

cuidados com o descarte do vidro quebrado

Existem alguns objetos que estão na lista de perigo, como: espetos, vidros quebrados, latas abertas, agulhas e lâmpadas. Antes de colocados no lixo comum é preciso pensar que os coletores irão manuseá-los ao recolher as sacolas da calçada para colocar nos caminhões. É uma ação que demora em média poucos segundos, porém tem um resultado grande que pode prevenir danos ou até consequências mais serie a quem trabalha para manter nossa cidade sempre em ordem e limpa.

Descartando o vidro de forma segura

Descartando sempre o lixo de forma segura, nesse site você pode encontrar pontos de coletas na sua cidade, para recolher garrafas de vidro, vidro quebrado, lampadas e outros objetos, esta dica que nos deu foi a vidraçaria em porto alegre,  isso também é considerado uma questão de saúde. Por isso nunca se esqueça de embalar com jornais, colocar em caixas de papelão ou até mesmo dentro de garrafas pet, evitando assim que os coletores de lixo não se machuquem ao recolher o seu lixo.

A falta de cuidados ao se desfazer do lixo pode causar danos não apenas as saúde dos coletores, mas também a qualquer pessoa, meio ambiente ou até mesmo aos animais que acabam por mexer naquele lixo. O perigo não é apenas se cortar, porém também existe o fator de entrar em contato com substancias que podem ser contaminantes. Por exemplo, o processo de descarte errado das lâmpadas pode ser prejudicial, pois elas contem metais pesados, como mercúrio, que provocam efeitos toxicológicos e prejudicam muito a saúde.

Entre as pessoas também pode provocar algumas doenças, como: cefaleia, bronquite aguda, catarata, tremor, insuficiência renal crônica, fraqueza e até mesmo edema pulmonar agudo.

Essa contaminação pode levar a sérios problemas como pneumonia, diminuição de capacidade intelectual e da libido, parestesia, insegurança, dermatite, cegueira e muitas outras doenças.

Uma ótima opção para a destinação das lampas é a reciclagem de todos os seus componentes, basicamente o vidro, fosforo, mercúrio e alumínio. Poucas são as empresas no país que estão qualificadas para esse processo, por isso um sistema de coleta seletiva de lâmpadas se baseia em recolher as unidades queimadas e adicionar em caixas das lâmpadas novas. Sendo assim são armazenadas em contêineres especiais, adquirindo das recicladoras.

Vamos ensinar agora um passo a passo para coleta de outros materiais, que podem machucar os coletores e também a todos os outros. É um processo muito simples, prático, onde você leva apenas minutos que pode ajudar muito.

descarte do vidro na garrafa pet

Material necessário para fazer o recipiente coletor de materiais cortantes:

  • 1 garrafa pet
  • 1 tesoura
  • 1 fita durex
  • 1 caneta

Passo 1

Pegue a garrafa pet e a corte no meio, com uma caneta escreva qual é o material que está na garrafa, por exemplo: vidro, agulha, termômetro, etc.

Passo 2

Coloque o vidro quebrado dentro da garrafa.

Passo 3

Encaixe as duas partes da garrafa, uma na outra.

Passo 4

Lacre a garrafa com a fita durex e se preferir pode também embalar com um jornal.

Com pequenas ações conseguimos mudar nosso meio ambiente e pensar no próximo, que está todos os dias trabalhando para nosso bem estar. É um trabalho cansativo que não merece ser perigoso também.